preciso-ser-comunicativo-para-fazer-administração

Como potencializar sua comunicação? – Parte II

Na primeira parte dessa sequência de artigos sobre “Como potencializar a sua comunicação” focamos nos aspectos da comunicação não-verbal e na importância de se ver o que não é falado verbalmente na comunicação. Se você ainda não leu clique aqui para poder acessar. (colocar o link)

Nesse artigo iremos tratar de outro importante aspecto na comunicação: o rapport.

Essa palavra tem sua origem do termo em francês Rapporter que significa trazer de volta ou criar uma relação.

Seu conceito nos foi emprestado da Psicologia e refere-se à criação de uma forte ligação de empatia com a outra pessoa. Ao utilizá-lo você cria uma atmosfera mais propícia com seu interlocutor, aumentando os laços de confiança e permitindo uma interação ainda maior com ele.

É certo que muitas vezes a conexão acontece naturalmente, mas podemos através de algumas técnicas induzi-la para sermos mais assertivos nas nossas relações.

É importante ressaltar que para essa conexão ser poderosa ela precisa ser compreendida pelo outro. A pessoa precisa sentir seu interesse genuíno por ela. Isso não significa concordar com tudo o que ela disser, mas se interessar sinceramente pelas suas opiniões e pensamentos.

Duas formas de se utilizar o Rapport são através do espelhamento e da reciprocidade.

  • Espelhamento: como o próprio nome diz, você espelha os gestos, expressões faciais, entonação e velocidade da fala, por exemplo. É preciso bastante cuidado ao utilizar essa técnica para evitar que você seja mal interpretado. Pode parecer que você está copiando o outro e isso pode gerar um efeito contrário, levando a pessoa a se fechar.
  • Reciprocidade: você demonstra um interesse em conhecer mais o outro. Você busca realmente conhecer mais sobre o outro, buscando áreas de interesse comum que gerem mais sintonia.

Ambas as técnicas são poderosas e devem ser usadas para criar uma atmosfera de mais confiança na conversa.

Você deve ter percebido que já utiliza involuntariamente esses recursos na sua comunicação. Agora você tem a oportunidade de usá-la com mais segurança e propriedade, gerando mais resultados na direção dos seus objetivos.

Já pensou nos ganhos de utilizar essa técnica com seus pacientes?

Para ajudá-lo seguem 4 dicas poderosas que vão potencializar sua comunicação com seus pacientes como em um passe de mágica:

  1. O sorriso é uma arma poderosíssima para abrir as portas da alma do próximo. Receba seu paciente sempre com um sorriso no rosto. Chame-o pelo nome e conseguirá que ele siga à risca todas as suas recomendações.
  2. Faça um bom quebra-gelo.A rotina do consultório vai querer te impedir de investir tempo em criar um relacionamento com o seu paciente. Mas resista a essa tentação. Crie esse hábito e colherá grandes resultados. Todos querem ser ouvidos e sentir que se preocupam realmente com ele.
  3. Seja positivo.Valorize os aspectos positivos com o paciente durante a consulta ou quando estiver se comunicando com ele. Se ele direcionar a conversa para os problemas, aja e traga-o para uma visão mais otimista. Agindo assim você ajudará seu paciente a encontrar forças para adotar o tratamento ao invés de desculpas para não seguir suas recomendações. Transmita essa mensagem com confiança e positividade e alcançará resultados ainda melhores.
  4. Seja resiliente.No início você estará incorporando novos hábitos na sua vida. Portanto, tenha paciência com você. Algumas vezes se esquecerá de utilizar o rapport mas se mantenha firme. Com o tempo você fará de maneira tão natural que nem precisará se preocupar mais.

Para finalizar deixo uma frase do gigante Tony Robbins, que dispensa quaisquer comentários:

“Rapport é a capacidade de entrar no mundo de alguém, fazê-lo sentir que você o entende e que vocês têm um forte laço em comum. É a capacidade de ir totalmente do seu mapa do mundo para o mapa do mundo dele”.

Euber Lisboa – Mentor de Carreira e Negócios
www.institutot4.com.br
linkedin: euber-lisboa
31-994851206

O que deseja encontrar?

Compartilhe

© Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.